Mar Puro

Elevação Espiritual de Portugal

Nome:
Localização: Rotterdam, Feijenoord, Netherlands

Afinal, o que é a Vida?! A soma das visões de todos aqueles que cá andaram, mais a soma das visões de todos aqueles que cá estão, mais a soma das visões de todos aqueles que cá irão andar, é, aproximadamente, igual á diferença de opiniões sobre isso mesmo...

domingo, fevereiro 27, 2005

Porquê escrevo eu neste blog?

Á parte de uma auto-clarificação
sobre aquilo que penso acerca do funcionamento social de Portugal
e do mundo,
afinal para que é que eu escrevo neste blog?
O que é que eu estou aqui a criar?
Quando desligo o computador onde é que está,
em minha vida,
o que construi virtualmente?
E será que alguém lê isto?
E se lêr será que lhe beneficiará de alguma coisa?
"Elevação Espiritual de Portugal"...
não será esta gota de água pequena demais?
Talvez sejam dúvidas deste tipo que surjem em muitas das pessoas que escrevem blogues... depois olho para o que escrevo
e olho para o nível de consciência de Portugal
e para as muitas visões que cobrem o território
e dúvido...
eu já me encontrei
e estou bem
e feliz comigo próprio...
mas será que isto basta para distribuir o que em mim já dislumrei?

dualeto_2004@hotmail.com

4 Comments:

Blogger isa xana said...

ninguém sabe o que basta ou ainda é pouco... mas é já tão bom sentir-nos bem connosco proprios, termo-nos encontrado e sermos felizes. já é tanto isso! dos outros pouco podes saber, mas se estiveres bem contigo mais facilmente passarás a mensagem que desejas e mais facilmente terás à tua volta que te queira ouvir.

jinhu

fevereiro 27, 2005 6:47 da tarde  
Blogger DorSemRosto said...

Após tantos anos a te conhecer aqui be m ao meu encontro-te finalmente na plenitude do que és, do que sentes e de como te sentes... conheço-te agora.

Agora olho e encontro em tuas palavras sentimentos comuns, palavras com fundamento e Amor (algo que pensei teres um dia esquecido para não mais recordares). E é claro que quando encontro alguém como tu no meu caminho fico feliz por ter-te neste caminho que todos os dias percorro... caminhos pararelos e que se encontram no infinito da nossa busca, do nosso saber e do nosso conhecer, caminhos diferentes com encruzilhadas que nos deixam sós e que nos levam a perguntar porque temos de fazer essas mesmas escolhas que tanto nos magoam e, por vezes, a outros... mas somos felizes connosco mesmos e quando nos vimos de manhã ao espelho podemos sorrir porque somos exactamente o que somos e não o queríamos de outra maneira senão mais Pura e Alegre.

Um beijo grande do teu irmão... continua e acredito que um dia tudo possa ser revelado a todos os que até agora não têm o mínimo sentimento para perceber ou estar pronto a saber.

abril 05, 2005 3:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! » »

fevereiro 05, 2007 1:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

This is very interesting site... » » »

março 07, 2007 2:33 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

  • Lápis e Papel