Mar Puro

Elevação Espiritual de Portugal

Nome:
Localização: Rotterdam, Feijenoord, Netherlands

Afinal, o que é a Vida?! A soma das visões de todos aqueles que cá andaram, mais a soma das visões de todos aqueles que cá estão, mais a soma das visões de todos aqueles que cá irão andar, é, aproximadamente, igual á diferença de opiniões sobre isso mesmo...

segunda-feira, fevereiro 14, 2005

Alma Portugesa

(Esta é a letra de uma música que eu compus e está devidamente registada na S.P.A.-Sociedade Portuguesa de Autores)

Alma Portuguesa,
não chores mais:
este tempo é concerteza,
aquilo que tu tanto esperais.

Chega agora o Desejado,
D. Sebastião e o seu Mito,
aquele e este são nosso fado,
tudo é triste e tanto bonito.

Como a saudade que sentíamos
é de um vibrar que renasceu,
vibra, meu povo, com força vibra,
mata a saudade que o fado venceu.

Alfama e Mouraria
hão-de ver o Fado morrer;
hão-de ver nascer o dia
da Alma Portuguesa se erguer.

O Fado é saudade
de uma era já passada:
morre a saudade, morre o fado,
geração por Deus despertada.

Com a Alma a vibrar
já os jovens sairam á rua...
até os velhos virão dançar...
... este é o povo Filho da Luz.

E do Mar outrora navegado,
um trovão que nos faz parar:
anuncia a morte do Fado
e a Alma do povo quer vibrar.

Como a saudade que sentíamos
é de um vibrar que renasceu
vibra, meu povo, com força vibra,
mata a saudade que o Fado venceu.

dualeto_2004@hotmail.com

  • Lápis e Papel